Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quarta-feira, 09 de agosto de 2017

Empatia: 7 razões pra você prezar muito por ela no seu relacionamento

Compartilhar:  
Saiba como a empatia pode deixar a sua relação mais sólida, madura e cheia de companheirismo entre vocês dois
Você consegue encontrar alguém que seja exatamente igual a você? Com os mesmos gostos, opiniões e formas de sentir? Muito provavelmente não.

Cada pessoa é única em seu modo de ser e, por causa disso, não é raro que surjam questionamentos, embates e verdadeiras brigas quando discordamos de alguém.

Apesar disso, para que seja possível construir um relacionamento a dois que seja saudável e duradouro, é necessário se sentir realmente conectada ao parceiro, sendo capaz de se colocar no lugar dele e vice-versa.

Essa capacidade de ver o mundo com os olhos de outra pessoa é a chamada empatia. Veja 7 motivos pelos quais ela é essencial para o seu relacionamento. Dica: vale para os dois, ok? 1. Transforme as diferenças em união

Foto: iStock

É normal que os casais discutam de vez em quando, seja por motivos realmente importantes como uma mudança de casa ou por razões absolutamente momentâneas, como a qual série eles vão assistir.

Seja qual foi o motivo da desavença, procure enxergar os motivos que o parceiro tem e avalie se você pode ceder desta vez – o mesmo vale para ele, ok? 2. O relacionamento deve ser prioridade

Foto: iStock

Por mais que vocês tenham uma rotina cheia e que os dias sejam muito corridos, o relacionamento não vai se sustentar sem que vocês dediquem tempo e atenção um ao outro.

Nessas horas, a empatia pode ajudar a avaliar se o casal está conseguindo se conectar em termos de necessidade de atenção e demonstrações de amor. 3. Valorize o lado bom

Foto: iStock

Os pontos negativos devem ser debatidos e trabalhados pelo casal, mas o relacionamento será muito mais feliz se vocês valorizarem o lado bom da vida a dois.

Não ignore os defeitos do parceiro, mas deixe claro que você admira as qualidades dele e é a primeira pessoa a reconhecê-las. 4. Pratique a compaixão

Foto: iStock

Ver os mundo através dos olhos de outra pessoa vai permitir que você desenvolva a sua compaixão.

Quando você se conecta ao seu parceiro e realmente compreende seus desafios e dificuldades, fica mais fácil entender por que ele apresenta determinado comportamento. 5. Coloque-se no lugar do outro

Foto: iStock

Existe um ditado que diz que devemos “andar um quilômetro com os sapatos de outra pessoa antes de julgá-la”, ou seja, para compreender suas atitudes, é necessário se colocar sem seu lugar.

Novamente, a empatia é a chave para a compreensão mútua entre o casal, pois somente dessa maneira você poderá compreender as motivações e os obstáculos que existem na vida do parceiro. 6. A empatia ensina a ter paciência

Foto: iStock

Ao se colocar no lugar do outro, fica mais fácil controlar o temperamento, respirar fundo e contar até 10 antes de perder a paciência.

Afinal, com empatia, você terá mais condições de entender os motivos que o parceiro tem para estar agindo daquela forma. 7. Trabalhe os seus defeitos

Foto: iStock

Ter empatia não significa que os defeitos devem ser ignorados. Pelo contrário: tanto você quanto o parceiro devem dedicar um tempo para trabalhar seus próprios defeitos.

Tente enxergar-se com os olhos do parceiro e procure identificar comportamentos que poderiam ser diferentes.

Uma dica importante: a empatia é essencial para um relacionamento saudável, mas de forma alguma queremos que você procure motivos para justificar comportamentos agressivos. Violência contra a mulher é crime e deve ser denunciada.