Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quarta-feira, 11 de outbro de 2017

Ralston adquiri prédio no Distrito industrial I

Compartilhar:  
A área onde será instalada conta com quase sete mil metros quadrados

Foi realizada nesta terça-feira (10/10), a assinatura da escritura de compra e venda do grupo Citricultores Arnaldo Marques Caldeira, para a Agropecuária Sete Léguas S/A- Grupo Ralston. A assinatura aconteceu no prédio onde será instalada a empresa, localizado na Rua Cândido Procópio Oliveira, nº651, Distrito Industrial I.

 

O presidente do grupo, Arnaldo Marques Caldeira Filho, lembrou que o prédio foi comprado no ano de 1986, que na época possuía cerca de 200 sócios e atualmente contam com aproximadamente 30. “Essa oportunidade de vender o prédio surgiu no momento certo, unindo a necessidade de ambos, e tenho certeza beneficiará a cidade”, afirma Caldeira.

 

Segundo o proprietário do Grupo Ralston, Eduardo Ralston, a expectativa era grande em conquistar mais esse negócio que trará inúmeros benefícios para o desenvolvimento da cidade e irá gerar vagas de empregos. Elogiando o apoio do prefeito, Fernando Galvão, em incentivar essa conquista. “O próximo passo será iniciar as reformas e demais adaptações, e assim que for possível iniciaremos as atividades no novo prédio,” explica Eduardo Ralston.

 

Para a sócia proprietária do Grupo Ralston, Renata Ralston, a fábrica faz parte da história da família, e crescerá ainda mais no novo prédio. “Tenho certeza que a iniciativa já é um sucesso, pois produzimos produtos de qualidade e sem conservantes, que tenho certeza farão ainda mais parte de Bebedouro”, comenta.

 

O prefeito, Fernando Galvão, que esteve presente durante a assinatura, comemorou mais essa conquista para a cidade. E ressaltou que quando surgiram informações que a Ralston, iria se instalar em outro município, procurou imediatamente os proprietários para garantir que mais uma empresa se instalasse em Bebedouro. “A empresa está enquadrada no PRODEB, que dá incentivos para novos investimentos. Inicialmente estávamos ajudando na busca de um terreno para a implantação da empresa, ao mesmo tempo que buscávamos algum prédio que já pudesse receber as instalações de uma forma mais rápida. O mais importante de tudo foi conseguir que a fábrica ficasse em Bebedouro, e que vai gerar emprego e renda para o município”, agradece o prefeito.