Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quinta-feira, 14 de junho de 2018

UPA passa por reformas

Compartilhar:  

Desde que assumiu a gestão da Unidade de Pronto Atendimento – UPA – em dezembro de 2017, a Associação Mahatma Gandhi vem realizando algumas mudanças para a melhoria no atendimento à população.

Houve a contratação de funcionários e processo seletivo para diferentes setores, além de redimensionamento de profissionais e serviços. O espaço físico também recebeu atenção, com reformas e adequações sendo realizadas.

 

         “A Associação Mahatma Gandhi quando assumiu priorizou a contratação e ampliação do quadro de funcionários, dando assim um respaldo maior aos funcionários, um conforto maior, fazendo com que atendessem melhor a população em termos de estrutura e número de pessoas que iriam atuar no momento do plantão”, ressalta o enfermeiro Giovani de Carvalho Silva, gestor técnico da Associação Mahatma Gandhi, pós-graduado em Micropolítica e MBA em Gestão e Saúde.

         Os funcionários ganharam um refeitório próprio e sala para descanso com novo mobiliário, a alimentação foi adaptada e incrementada. O setor de hotelaria da UPA foi ampliado, novos equipamentos adquiridos: eletrocardiograma, kit Ambu adulto e infantil, sensor neonatal, oxímetro. Também foram comprados container para material hospitalar, novos mobiliários - como camas, colchões, macas, mesas para as salas de atendimento. Foram reformadas poltronas e feita a manutenção de aparelhos de ar-condicionado. 

         Espaços estão sendo reformados, na entrada há a troca de piso, iluminação, ar-condicionado, nova pintura, as salas de triagem ganham novas portas e a recepção aos pacientes será modificada. Na parte interna da UPA, o posto de enfermagem foi ampliado proporcionando maior comodidade ao paciente e ao funcionário.

 

         Outras reformas serão realizadas, como consta em contrato entre Prefeitura de Bebedouro e Associação Mahatma Gandhi. “A estimativa é de mais 60 dias para que as reformas estejam concluídas”, diz o gestor, lembrando que os próximos passos serão reformar a sala amarela e vermelha – utilizadas após a consulta médica aguardando a definição do procedimento a ser seguido: internação ou alta; o almoxarifado e a ampliação da farmácia.

 

Atendimento médico

“Estamos trabalhando com escala de revezamento com enfermeiros, aumento no número de funcionários, e a escala de plantão médico que é um processo de trabalho do hospital para que esse profissional não falte – a questão da unidade é a transferência, o médico às vezes precisa sair da UPA para acompanhar o paciente transportado em ambulância para outra cidade, então ele sai do setor, acompanha o paciente até seu destino, depois retorna à unidade e segue seu plantão normalmente, cumprindo a escala de revezamento”, detalha Giovani.

A unidade atende, aproximadamente, 600 pacientes por dia, incluindo moradores de toda a região.

Cursos

Funcionários da UPA passam por cursos de capacitação voltados à assistência do paciente, seguindo diretrizes do Ministério da Saúde e da Vigilância Epidemiológica do Município, priorizando à humanização da saúde e o atendimento igualitário ao paciente.