Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Sexta-feira, 25 de maio de 2018

Oleos essenciais: como incluí-los em sua rotina de beleza

Compartilhar:  
Tudo que você precisa saber sobre os óleos essenciais

Os óleos essenciais são os extratos puros da planta, uma fórmula concentrada do que cada planta possui. “Eles são diferentes dos óleos vegetais porque não possuem tantos princípios ativos” diz Mariana Vitte, coordenadora técnica do W Estética & Spa. Os usos deles nas rotinas de beleza estão cada vez mais comuns, mas como eles funcionam? Como usá-los de maneira segura? “Sempre devemos fazer um teste de alergia antes para evitar as complicações que algum tipo de óleo possa te trazer” diz Nathalia Carraveta, especialista em aromas da L’Eponge. Conversamos com as especialistas que nos deram dicas e tiraram algumas dúvidas.

Mas para que os óleos essenciais são usados? Quais as suas funções? “Para começar, os óleos essenciais são responsáveis por trazer a cura para nossa pele, eles têm efeito de cicatrização e hidratação, por exemplo, porque eles têm poder de penetração na epiderme muito alto”, diz Mariana.

Para serem aplicados na pele, podem ser diluídos em óleos vegetais ou cremes ou pela aromaterapia. Eles são usados tanto para questões físicas quanto emocionais. Eles podem ser usados para o rejuvenescimento da pele, controle da oleosidade ou hidratação tanto para a pele, quanto para os cabelos. Aromaterapia: Como essências corretas podem trazer benefícios à sua vida 

É importante também entender a necessidade de diluição dos óleos. “Para apliacr na pele ou durante uma massagem os óleos podem ser diluídos. Você pode pingar algumas gotas em um creme de base neutra. Já nos cabelos eles podem ser usados integralmente, sem necessidade de diluição. ” afirma a dermatologista Mabe Gouveia da Clínica Valéria Marcondes. E mais: é sempre importante ter em mente o nível de sensibilidade da sua pele, por isso o teste antes do uso é tão importante para prevenir irritações, estando o óleo diluído ou não.

  • Para peles acneicas, Nathalia têm uma receita especial:
  • 5 gotas de óleo de melaleuca + 1 colher de sopa de aloe vera

  • E para o cabelo, Mariana têm uma dica:
  • 200ml de um shampoo neutro + 15 gotas de óleo de alecrim. Pode ser usado também com máscaras capilares para intensificar o poder de hidratação.]

  • E para personalizar a sua receita de acordo com sua necessidade:
  • Uma colher de argila + uma colher de vinagre de maçã + 2 gotas do óleo de sua preferência. Acrescente um pouco de água e mexa até formar uma pasta. Aplique no rosto e deixe agir de 10 a 15 minutos.

    O uso deve ser evitado por pessoas com pressão alta, problemas no coração e gestantes. Devem ser usados no período da noite, para evitar o contato direto dos óleos com a luz do sol, e também é muito importante verificar se os óleos são 100% naturais, pois tem alguns que não são puros e podem incluir alguma mistura com produtos sintéticos.