Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Treinamentos, Gisele e filhos: Tom Brady expõe intimidade em documentário

Compartilhar:  

© GettyImages

Usuário ativo de suas contas no Facebook e Instagram, Tom Brady costuma compartilhar com os fãs alguns de seus momentos mais íntimos, na hora do descanso, férias, ou com a família.

Agora será possível ir além. O quarterback do New England Patriots, cinco vezes campeão do Super Bowl, permitiu que o cineasta Gotham Chopra tivesse acesso ao seu dia a dia, e produzisse uma série documental chamada “Tom vs Time”.

O material ainda não tem data para ser lançado, e deve depender do desempenho dos Patriots nos playoffs, mas será veiculado pela ferramenta de vídeos do Facebook, a Facebook Watch.

No trailer disponibilizado para aquecer os fãs, Brady aparece em momentos de descontração com os filhos e também com a esposa, a modelo Gisele Bundchen. Há também um pouco da rotina do atleta, tanto antes do início da temporada, quanto durante a busca por seu sexto título.

O jornal The New York Times teve acesso ao conteúdo já produzido e revelou, por exemplo, que Tom Brady guarda a notificação que recebeu da NFL afirmando que perderia os quatro primeiros jogos da temporada de 2015 – que viria a cumprir em 2016 – por conta do suposto envolvimento no escândalo das “bolas murchas”.

“Pensei muito ao longo dos anos sobre como seria legal poder mostrar para os torcedores outros aspectos de minha vida, e interagir com eles de uma forma diferente”, disse Brady em um comunicado de divulgação da obra.

“Apareci em muitas revistas, jornais e programas de TV, mas nunca tentei nada como o que decidimos fazer nesta série documental. Espero que os fãs gostem de ver o que capturamos”, completou

Brady aceitou fazer parte do projeto pouco após a conquista do Super Bowl LI, na incrível virada sobre o Atlanta Falcons. A ideia inicial era mostrar a preparação de um quarterback que chegava aos 40 anos, mas as filmagens continuaram após o início da temporada.

Não ficou claro o quanto o técnico Bill Belichick sabia de tal atividade, mas os Patriots comunicaram que foram informados da iniciativa e ajudaram com credenciais para a equipe de filmagem e outros tipos de apoio.

De acordo com o The New York Times, assuntos polêmicos, como os protestos dos jogadores no começo da temporada e os recentes relatos de problemas de relacionamento com Belichick, ficaram de fora da série.

MSN