Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quarta-feira, 11 de outbro de 2017

Carpegiani quer que Bahia proponha jogo contra o Palmeiras

Compartilhar:  

Recém-contratado para o comando técnico do Bahia, o treinador Paulo César Carpegiani descartou adotar uma postura excessivamente defensiva contra o Palmeiras, adversário desta quinta-feira, pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Para o comandante, que concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira, os baianos precisam ter iniciativa no plano de jogo, tentando impor sua técnica para cima dos palmeirenses. Carpegiani também descartou “jogar por uma bola” ou “fechar a casinha”.

“Penso que o futebol é uma imposição de uma maneira de jogar sobre a outra e essa imposição requer toda uma parte teórica e prática, para que sua equipe consiga se impor sobre o adversário. Muitas vezes por mais qualidade que o adversário tenha ele nos impõe o ritmo e você pode ganhar no contra-ataque. Não gosto disso. Prefiro tentar impor o jogo. Mas tenho que verificar, pois estou chegando agora”, analisou.

“Vamos tentar impor com opções e alternativas. Não podemos nunca abrir mão da possibilidade de ganhar o jogo. Não gosto de ouvir aquele termo ‘jogar por uma bola’ ou ‘fechar a casinha’. Não sei fazer isso. Gosto de equipes que tentam se impor. Que tente jogar futebol, com as opções, com as alternativas e com as capacidades técnicas, sempre tentar ganhar o jogo. Essa é nossa proposta que vamos tentar fazer lá contra o Palmeiras”, completou.

Contra a equipe paulista, o Bahia precisa do triunfo para somar três pontos, sair do meio da tabela e espantar de vez o fantasma do rebaixamento. Iniciando a rodada com 31 pontos, o Esquadrão de Aço está apenas um ponto à frente do Sport, primeiro clube dentro da zona da degola.