Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Classificado, mas sem elogios, Zidane diz que não se preocupa com fase ruim do Real em casa

Compartilhar:  

© Fornecido por Goal.com

O jogo de ida das oitavas de final da Copa do Rei salvou a pele do Real Madrid. Afinal de contas, mais uma vez o estádio Santiago Bernabéu viu a equipe merengue descer para os vestiários sem uma vitória. No final das contas, na volta o 2 a 2 contra o Numancia, que garantiu os Blancos nas quartas, veio com um gosto de preocupação.

  Resultados e palpites do Bing para a rodada do Campeonato Espanhol Veja todos os palpites Campeonato Espanhol no MSN:Tabela | Resultados | Classificação | Notícias

 

 

Após a partida, Zidane falou sobre o momento atual de sua equipe – que praticamente ficou sem chances de título no Campeonato Espanhol. O francês comemorou a vaga adiante na Copa do Rei, reconheceu que o momento não é dos melhores... mas garantiu que os resultados ruins no Bernabéu não o preocupam.

Até aqui, em 15 jogos no estádio madridista foram oito vitórias, cinco empates e duas derrotas. Confira, abaixo, a repercussão da classificação dos merengues.

“Não é fácil para os que jogam pouco. Acho que fizemos uma boa partida, mas no final faltou combustível. Não é fácil jogar com os que somam menos minutos... a ida foi importante”, disse, sobre a equipe praticamente toda reserva que escalou.

“O jogo de ida foi chave. Podem pensar o que quiserem, mas para os que jogam menos é muito difícil. Foi uma pena levar um gol antes do intervalo, e antes do final do jogo. Estou contente com a atuação da minha equipe. Estamos nas quartas de final, que é o importante”.

“Estamos recuperando as coisas, e vamos fazer tudo com tranquilidade (...) Tenho contrato até 2020, já está assinado, mas eu sigo como sempre: jogo a jogo e ano a ano, como sempre”.

Fase ruim em casa: “Não me preocupa. Temos que seguir trabalhando e pensar positivo. Precisamos ganhar dois ou três jogos para recuperarmos a confiança. Mas vamos trabalhar, não vamos baixar a guarda”.

Autor de ambos os gols do Real Madrid, o meia Lucas Vásquez disse não entender o que vem acontecendo com o time recentemente. Entretanto, fez questão de defender o treinador.

“O time cai de repente, é difícil explicar”, afirmou. “O mister está muito bem, e com muita vontade. Passa o ano todo nos defendendo. Está até a morte conosco, e nós estamos até a morte com ele”.

 

MSN