Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quarta-feira, 07 de fevereiro de 2018

Ponte passa sufoco, fica no empate e avança na Copa do Brasil

Compartilhar:  

Foto/Google

Jogando na Arena da Amazônia, em Manaus, a Ponte Preta fez o mínimo para superar a primeira fase da Copa do Brasil e empatou com o Nacional-AM. A partida desta terça-feira reservou altas emoções para a Macaca e terminou em 0 a 0. Com o resultado, o time de Campinas avança para a segunda fase e terá como próximo rival na competição o vencedor do confronto entre Inter de Limeira e Rio Brando-AC.

O próximo jogo do time do Moisés Lucarelli será contra o Novorizontino, no sábado, às 16h30 (de Brasília), pelo Campeonato Paulista. Por sua vez, o Já Nacional-AM irá visitar o Fast no mesmo dia, só que às 16 horas, pelo Campeonato Amazonense.

O jogo

O time da casa começou melhor a partida e criou sua primeira oportunidade aos cinco minutos. Paulo Roberto apareceu pela direita e bateu cruzado, mas o goleiro Ivan fez a defesa e colocou a bola para escanteio. A resposta da Ponte Preta veio logo em seguida, aos nove. Felipe Cardoso recebeu a bola no meio de campo, mandou a bomba e parou no goleiro adversário.

Os comandados de Eduardo Baptista voltaram a chegar bem ao ataque aos 29 minutos. Ourinho fez boa jogada e rolou para Tiago Real, que bateu colocado e quase tirou o zero do placar. Aos 32, Alecsando pegou a bola na sobre, finaliza e para em Ivan.

A Macaca quase conseguiu abrir o placar aos 34. Léo Arthur passou pela esquerda e cruzou muito bem para Emerson, que fez a cabeçada, Valverde mostrou muito reflexo e fez uma grande defesa. Um minuto depois, Renan Fonseca cabeceou forte após escanteio e o goleiro do Nacional-AM voltou a trabalhar.

Na volta do intervalo, aos três minutos, Paulo Roberto fez uma bela jogada, passou pelo marcador, mas Renan Fonseca colocou a bola para escanteio. Já aos 10, Balú pegou a sobre e finalizou mascado. Kennedy recebeu a bola livre, mas cabeceou para fora.

Os visitantes tiveram sua primeira chance na segunda etapa aos 13. Tiago Real ajeitou para Léo Artur, que mandou uma bomba, mas Valverde fez a defesa. Em seguida, Silvinho cobrou escanteio, Renan Fonseca cabeceou e o goleiro salvou o Nacional-AM.

Aos 22, Ourinho conseguiu fazer uma boa passagem pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Felipe Cardoso, mas Kennedy cortou. Dois minutos depois, em escanteio, Renan Fonseca cabeceou e Valverde voltou a salvar os mandantes.

Na reta final o time de Manaus quase conseguiu a classificação. Aos 38, Paulo Roberto cruzou e Rodrigo Ítalo bateu com perigo de fora da área. Já aos 42, a zaga da Macaca tirou mal a bola, Rodrigo ítalo bate desviado e Paulo Roberto fez o arremate cara a cara com o goleiro. Ivan fez uma baita defesa para salvar os comandados de Eduardo Baptista. Aos 47, Felipe mandou uma bomba da esquerda e Ivan defendeu.

 

Gazeta Esportiva