Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Domingo, 11 de março de 2018

Com pênalti polêmico, reservas do Galo vencem Tombense por 1 a 0 no Independência

Compartilhar:  
Atlético-MG não faz grande exibição, mas gol de Danilo garante time na terceira posição na tabela; Alvinegro vai pegar, em casa, a URT, nas quartas de final, enquanto equipe de Tombos vai até Juiz de Fora encarar o Tupi
O Atlético-MG venceu o Tombense por 1 a 0, neste domingo, no Independência, em jogo válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro. O gol da vitória foi marcado por Danilo, após um pênalti duvidoso marcado pela arbitragem. As duas equipes já estavam classificadas, e o que estava em jogo na partida era o terceiro lugar. O Alvinegro, com a vitória, garantiu a terceira colocaçaõ, enquanto o time de Tombos terminou em quinto. O lance que mais chamou atenção no confronto entre Atlético-MG e Tombense neste domingo, no Independência, foi o pênalti marcado a favor do Galo. De imediato, o árbitro Felipe Lima não marcou nada, mas, após alguns segundos, assinalou a penalidade. Os jogadores do Tombense reclamaram bastante. A queixa da equipe de Tombos foi de que a bola acertou o ombro do zagueiro Andersonno chute de Luan. A impressão é de que o árbitro recebeu alguma orientação pelo ponto eletrônico para marcar o pênalti. A cobrança da penalidade ficou para Danilo, que aproveitou a chance e mandou para as redes para fazer 1 a 0. Cobrança perfeita, precisa. O goleiro Darley acertou o canto, mas não conseguiu evitar o gol. O Atlético-MG vai encarar a URT nas quartas de final, no Independência. Já o Tombense vai a Juiz de Fora encarar o Tupi. Os duelos, no próximo fim de semana, serão em jogo único. Em caso de empate, haverá disputa de pênaltis. A Federação MIneira de Futebol deve confirmar as datas e horários exatos nesta segunda-feira. Com um time todo reserva em campo, o Atlético-MG apresentou falta de entrosamento e certa dificuldade no último passe diante do Tombense. O ponto positivo foi a presença de meninos da base, como o goleiro Cleiton e os atacantes Alerrandro e Marco Túlio, que podem ganhar mais rodagem e ajudar o clube no futuro. O argentino Tomás Andrade demonstrou boa vontade também, mas faltou acertar na hora final. Antes do jogo único pelas quartas de final do Mineiro, o Atlético-MG entra em campo na quarta-feira, pela Copa do Brasil. O Galo encara o Figueirense, às 21h45 (de Brasília), no Independência, pela terceira fase da competição. No primeiro jogo, em Florianópolis, o time mineiro venceu por 1 a 0, gol de Otero. globoesportes.com