Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Segunda-feira, 16 de abril de 2018

Superior em casa, Rio vence o Praia Clube no primeiro jogo da final

Compartilhar:  

Jogando em casa, na manhã deste domingo, o Sesc RJ superou o Dentil/Praia Clube em partida eletrizante. Na luta pelo 13º título da Superliga, as donas da casa levaram a melhor no primeiro jogo da decisão da competição. O Rio mostrou superioridade nas primeiras etapas e, apesar de ter esboçado reação, o Praia viu o placar terminar em 3 sets a 1 para as rivais, com parciais de 26/24, 25/19, 22/25 e 25/17 .

A reedição da final de 2016 teve uma partida parecida com a do último encontro dos times na etapa. Da última vez, o Rio levou a melhor por 3 sets a 1, em Brasília (DF) e ficou com o título. Dessa vez, ainda há um segundo jogo para decidir.

Caso as donas da melhor campanha na fase de classificação vençam as adversárias na segunda partida, um set extra definirá as campeãs. O próximo jogo acontece em terras mineiras. A equipe comandada por Paulo Coco recebe as rivais no próximo domingo, às 9h, no Sabiazinho, em Uberlândia (MG).

A partida

O jogo deste domingo começou com um longo rali que foi finalizado pela experiente Walewska, abrindo o placar favorável ao Praia Clube. Com erros de Fabiana, o Rio conseguiu encostar, mas a equipe mineira aproveitou melhor os contra-ataques e mostrou superioridade no início da partida.

Em seguida, entretanto, as cariocas reduziram a diferença. Contando com erros das adversárias e bons saques a seu favor, o Rio conseguiu empatar e virar. Mais segura e na vantagem, Gabi bloqueou Fabi para fechar o set em 26 a 24.

Após imprecisão na recepção de Fernanda Garay, o Rio começou abrindo o placar na segunda parcial e assegurou a liderança no marcador com bons bloqueios. Na desvantagem, Fabiana tentou colocar o Praia de novo no jogo, mas a partida era dominada pelas donas da casa, que aproveitavam os erros rivais.

O Praia esboçou reação e, ponto a ponto, reduzia a diferença no placar. Apesar de ter defendido três sets points, já não havia mais espaço para o time de Fe Garay mostrar seu bom vôlei, que foi anulado com ataque na diagonal de Gabi, fechando o segundo set em 25 a 19.

Na terceira etapa, o Praia voltou embalado para deixar o confronto equilibrado novamente. Com ambas equipes oscilando na liderança, o marcador ficou igual, em 22 a 22 e a decisão foi adiada para os pontos finais. Com set point para o Praia, Garay fez bom saque e forçou o quarto set — 25 a 22.

A quarta etapa foi marcada por bom bloqueio do time carioca. Não podendo desperdiçar chances, as lideradas por Coco erraram e, na reta final, viram ataque de Drussyla que, sem bloqueio, mandou a bola para o chão e deu vitória a sua equipe.

 

MSN