Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Domingo, 13 de maio de 2018

Com gols de Dedé e Arrascaeta, Cruzeiro vence o Sport com tranquilidade

Compartilhar:  
Partida começou disputada, com os pernambucanos tendo boas chances também, mas com um gol em cada tempo, a Raposa tranquilizou o jogo e somou mais três pontos.Arrascaeta marca segundo gol do Cruzeiro em cima do Sport (Foto: Gabriel Duarte)
  • Um gol em cada tempo e um resultado até de certa forma tranquilo. Foi assim a manhã do Cruzeiro neste domingo, no Mineirão. Contra um Sport que até começou bem o jogo, a equipe do técnico Mano Menezes se mostrou muito tranquila para construir a vitória e somar mais três pontos na Série A. Sem afobação, a Raposa fez 1 a 0 no último lance do primeiro tempo, com o zagueiro Dedé. E na segunda etapa, Arrascaeta tratou logo de fazer o segundo no começo para encaminhar a vitória. O Sport pecou nas finalizações no início do jogo e se viu sem força para reação.

  • DESTAQUECOMO FICA?

    Com a vitória, o Cruzeiro chega aos sete pontos e assume neste momento a 8ª colocação. O Sport, também com sete pontos, é o 9º. Os dois podem perder ainda quatro posições no complemento da rodada.

  • DESTAQUEPRÓXIMOS JOGOS

    O Cruzeiro entra em campo novamente agora na próxima quarta-feira, quando vai até Curitiba, enfrentar o Atlético-PR, pela Copa do Brasil. No Brasileirão, o próximo jogo é contra o Atlético-MG, no domingo. Na mesma data, o Sport recebe o Corinthians, na Arena de Pernambuco.

  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPO

    O primeiro tempo foi muito disputado do início ao fim. Ou quase o fim. Isso porque faltando 20 segundos, o Sport vacilou em uma das muitas bolas cruzadas na área pelo Cruzeiro e viu o zagueiro Dedé cabecear para o fundo das redes e tirar o zero do placar. Antes disso, Dedé também chamou a atenção por quase deixar o campo. Ele dividiu uma bola com Léo, seu companheiro de zaga, e precisou de atendimento médico duas vezes durante a primeira etapa. Melhor para os cruzeirenses que ele aguentou ficar em campo. O Sport teve algumas chances de abrir o placar, mas tava mal de mira. Na primeira, Rogério parou em Fábio. Na segunda, Sander chutou fraco. Depois Rogério teve outra chance e foi travado por Léo e por último, Gabriel chutou para boa defesa de Fábio.

    Pelo lado mineiro, Sassá incomodou, mas quase sempre em posição irregular. Logo no primeiro minuto, teve uma grande chance depois de rebote de Magrão, mas mandou a bola por cima. A sorte é que o jogo estava parado porque a arbitragem marcou impedimento. E os mesmos personagens voltaram a aparecer aos 33 minutos, quando Sassá empurrou a bola para o fundo do gol, mas novamente a arbitragem marcou impedimento e não validou o gol.

  • O equilíbrio do primeiro tempo parece ter ficado nos vestiários para a segunda etapa. O Cruzeiro, ainda empolgado pelo gol marcado no fim do primeiro tempo, foi todo para cima e logo aos 10 minutos contou com o talento de Arrascaeta para ampliar. O uruguaio, com muita facilidade, deixou Anselmo e Neto Moura para trás, e esbanjando categoria bateu para o gol sem nenhuma chance para Magrão. Com a vantagem, o Cruzeiro passou a administrar o jogo, enquanto o Sport tentou se lançar ao ataque. Os pernambucanos até conseguiram ficar mais com a bola, mas não chegaram a assustar o goleiro Fábio, que só precisou trabalhar nos acréscimos, em duas chegadas do Sport com Fabrício e Everton Felipe.

  • Novamente titular do Cruzeiro, o zagueiro Dedé parece estar muito próximo da sua melhor forma. Ele chegou ao seu quarto jogo na Série A do Campeonato Brasileiro neste domingo e já tem dois gols marcados. O outro foi justamente na última rodada, contra o Botafogo, também de cabeça.

  •  

  • DESTAQUEINVENCÍVEL

    A defesa do Cruzeiro parece de fato uma parede para os adversários. Neste domingo, com mais um jogo sem tomar gols, o time mineiro já soma cinco partidas sem ser vazado. São eles Universidad de Chile (7 a 0), Internacional (0 a 0), Vasco (4 a 0) e Botafogo (1 a 0), além, é claro, do 2 a 0 contra o Sport neste domingo. 

  • DESTAQUEPRESENTE DE GREGO

    O Sport sonhava com uma vitória para somar mais três pontos na tabela de classificação da Série A e também para presentear o torcedor, já que hoje é aniversário de 113 anos do clube. Apesar do clima positivo, o domingo vai ser para o rubro-negro apagar da memória. fonte;globoesportes.com