Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Domingo, 13 de maio de 2018

Gabriel faz dois, Santos vence na Vila e mantém Paraná na lanterna do Brasileiro

Compartilhar:  
Peixe faz primeiro tempo ruim, mas se recupera e deslancha no segundo, com boas atuações de Gabriel e Eduardo Sasha; time paranaense tem só um ponto em cinco jogos.Rodrygo e Gabriel comemoram gol do Santos contra o Paraná (Foto: Agência Estado)
O Santos fez um primeiro tempo ruim, mas deslanchou no segundo, jogando do jeito que mais gosta, no contra-ataque, e venceu o Paraná Clube por 3 a 0, na noite deste domingo, na Vila Belmiro. Gabriel (com dois gols) e Eduardo Sasha (duas assistências) foram os destaques - Rodrygo também deixou sua marca. O Paraná até criou boas chances na primeira etapa, mas cometeu muitos vacilos defensivos na segunda, e o rápido ataque santista soube se aproveitar. Já nos acréscimos, Silvinho descontou para o Paraná. Com a vitória, o Santos chegou a seis pontos, na 11ª colocação. Vale lembrar que o Peixe tem um jogo a menos, contra o Vasco, adiado da terceira rodada e que será disputado depois da Copa do Mundo. Já o Paraná permanece na lanterna, com apenas um ponto em cinco partidas. Os dois times voltam a jogar no domingo pelo Brasileirão: o Paraná recebe o Grêmio, e o Santos faz clássico contra o São Paulo no Morumbi. Santos x  Paraná: Rodrygo em disputa de bola com Alemão

Santos x Paraná: Rodrygo em disputa de bola com Alemão (Foto: Agência Estado)

Gabriel, que já tinha feito três gols na vitória por 5 a 1 sobre o Luverdense pela Copa do Brasil na última quinta-feira, fez mais dois contra o Paraná, para alegria de 2.308.212 cartoleiros que apostaram nele. Depois do jogo, nosso repórter Cassio Barco foi fazer uma brincadeira com ele sobre isso e... levou uma invertida do jogador. "Isso aí é chato pra caramba, fica todo mundo falando, as pessoas levam muito a sério", disse Gabigol, que fez 12.20 pontos no game. Gabriel comemora um de seus dois gols contra o Paraná

 

Gabriel comemora um de seus dois gols contra o Paraná (Foto: Agência Estado)

O primeiro tempo do Santos foi vergonhoso, com uma única finalização (uma cabeçada fraca de Rodrygo) contra quatro do Paraná. Jogando fechadinho, o time paranaense anulava o Peixe e ainda saía bem no contra-ataque. Com o passar do tempo, algumas vaias passaram a ser ouvidas na Vila Belmiro, novamente com público pequeno. E o Santos foi ficando mais nervoso. Gabriel, Rodrygo, Sasha e Vitor Bueno ensaiaram uma troca de posições, mas sempre muito distantes um dos outros. Se fosse para ter um vencedor na primeira etapa, teria de ser o Paraná.

O Santos voltou mais ligado na etapa final e abriu o placar logo no primeiro minuto com Rodrygo, aproveitando assistência de Eduardo Sasha. Em vantagem, o Peixe pareceu mais à vontade e chegou ao segundo gol aos 13, com Gabigol, de cabeça, também após assistência de Sasha. A partir daí, o Santos fez o que mais sabe fazer: jogar no contra-ataque. O terceiro gol saiu aos 30, novamente com Gabigol, desta vez com passe de Arthur Gomes. Já nos acréscimos, Silvinho descontou para o Paraná. Gabigol comemora gol com a mãe dele, Lindalva

 

Gabigol comemora gol com a mãe dele, Lindalva (Foto: Agência Estado)

Público: 3.971 pagantes

Renda: R$ 140.110,00

  Santos x Paraná

Santos x Paraná (Foto: Arthur Faria)

fonte;globoesportes.com