Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Sábado, 23 de dezembro de 2017

Diretor da Williams rasga elogios e diz que Massa foi grande referência durante último ano na F1

Compartilhar:  

© Fornecido por Grande Prêmio

Felipe Massa sempre foi uma referência nos tempos em que esteve na Williams. Quem afirmou foi o diretor-técnico da equipe inglesa, Paddy Lowe. Segundo o agora ex-chefe, Massa apresentou enorme solidez durante o 2017 para guiar a equipe e o companheiro novato Lance Stroll.

Massa, que havia se aposentado ao fim de 2016, voltou ao Mundial em 2017 a pedido de uma Williams que perdera Valtteri Bottas. Quando se escuta Lowe falando sobre o piloto brasileiro, fica claro que não há arrependimento.

"Ele foi uma grande referência; Você sempre precisa de uma boa referência em alguma parte da sua garagem. Algumas vezes você não encontra numa parte e aí procura nos pilotos, mas Felipe nos deu essa referência por todas as corridas e foi muito valioso. Não houve sequer uma vez em que ele ficou perdido e sem poder servir de referência para Lance. Creio que isso foi impressionante", disse em entrevista à revista inglesa Autosport.

Por fim, Lowe contou o motivo de ter sacado Massa da disputa de pilotos para 2018. De acordo com o inglês, foi a exigência de tempo feita por Massa que acabou fazendo com que o veterano saísse da briga. "A escolha de pilotos é um processo muito complicado e há muitos fatores diferentes que estamos levando em consideração. Felipe precisava de uma decisão antes do Brasil, mas nós não tínhamos condição para isso", contou.

"Ele ainda estava na disputa e era um forte candidato, mas não pudemos nos comprometer naquele momento. Então concordamos que ele sairia da briga e se aposentaria", encerrou.

MSN