Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Audiência da TV na F1 sobe no mundo após sete temporadas. Brasil tem crescimento de 13,4% no público cumulativo

Compartilhar:  

© Fornecido por Grande Prêmio

Foram cinco anos seguidos de queda, um ano de estabilização e 2017, enfim, marcou a volta do crescimento da audiência na televisão da F1. De acordo com dados divulgados pela categoria nesta sexta-feira (5), a F1 viu seu número de telespectadores subir 6,2% dentro dos 20 maiores mercados.Isso significa que corridas, treinos classificatórios, treinos livres e programas centrados na F1 tiveram audiência total de 1,4 bilhão durante a temporada 2017. Contando apenas corridas, ao vivo e em reprise, a audiência se manteve por volta de 600 milhões. Em 2017, os telespectadores únicos de F1 somaram 352 milhões, primeiro ano em sete sem queda. Publicidade x No Brasil, o aumento ocorreu no número total da audiência, que cresceu em 13,4% - segundo maior crescimento dentro dos quatro principais mercados, setor em que também aparecem Itália, Alemanha e Reino Unido.Houve, porém, queda no número de telespectadores únicos no país. Foram 1,8% de pessoas a menos assistindo a categoria.O maior crescimento foi visto na China, em que os números aumentaram em 42,2%. Entre os maiores mercados, a Itália viu o maior aumento, de 19,1%, possivelmente ajudado pela presença de Sebastian Vettel, da italiana Ferrari, na briga pelo título.Outros números divulgados pela F1 foram os de redes sociais, com crescimento de 54,9% nos usuários dentre Facebook, Youtube, Twitter e Instagram.Segundo a F1, este foi um crescimento maior do que outras diversas ligas importantes do mundo, como Campeonato Espanhol, NBA, Liga dos Campeões, NFL e Campeonato Inglês, de outros esportes, e Fórmula E e Nascar, no automobilismo. MSN