Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome



Quinta-feira, 08 de março de 2018

Alonso mantém calma, diz que problemas da McLaren são normais de carros novos e garante: Não há nada de errado

Compartilhar:  

© Grande Prêmio

Fernando Alonso vive uma fase otimista. Após dois dias seguidos de poucas voltas para a McLaren, o espanhol minimizou os problemas e garantiu que tudo o que está acontecendo é normal para um carro novo. Segundo o bicampeão mundial, a McLaren só está cuidando bem dos probleminhas que aparecem, mas não está deixando de desenvolver o bólido.

Em entrevista coletiva em Barcelona acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO, o asturiano, que foi sexto colocado na tabela de tempos, mostrou-se bem tranquilo com as menos de 50 voltas que deu nesta quarta-feira (7) e garantiu que a McLaren tem um bom carro e que está perdendo tempo agora para não se complicar na abertura da temporada em Melbourne. "Acho que o que aconteceu é mais ou menos normal em todo novo carro. Talvez isso seja novo para alguns de vocês, mas eu estou na minha 18ª pré-temporada e sigo descobrindo coisas desde de então. A situação da McLaren está ok. Não há nada fundamentalmente errado com o carro. Os problemas que tivemos estão totalmente sob controle. Infelizmente, nós seguimos descobrindo pequenas coisas todos os dias, mas eu acredito que isso vai nos colocar em uma posição muito forte para Austrália, pois estamos dando atenção a essas pequenas coisas", explicou.

Alonso admitiu que não gostou muito de ter ficado tão pouco tempo na pista, mas não vê que os testes do time de Woking foram fundamentalmente prejudicados por causa disso.

"É claro que eu gostaria de ter dado um pouco mais de voltas. O programa não passou de 50 giros, mas, no fim das contas, nós achamos novas coisas ontem com Stoffel e hoje comigo. E isso faz parte dos testes, espero apenas que essas pequenas coisas não se repitam na volta 10 do GP da Austrália. De qualquer forma, estou feliz de seguir com um carro forte. Hoje, todas as coisas importantes nós conseguimos lidar de manhã. O resto do dia era mais direcionado a stints longos. Não estou tão estressado sobre as voltas que perdemos hoje. Se o GP da Austrália fosse amanhã, seria ok para nós", garantiu.

 

MSN