Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Terça-feira, 29 de maio de 2018

Sem contrato renovado, Hamilton afirma que chegada de Ricciardo à Mercedes é improvável para 2019

Compartilhar:  

Lewis Hamilton não acredita que Daniel Ricciardo vai fazer parte da Mercedes em 2019. O vencedor do GP de Mônaco deste domingo (27) tem contrato válido até o fim deste ano, assim como o inglês e Valtteri Bottas, e analisa opções antes de renovar com a Red Bull. Acreditando na renovação dos dois pilotos da equipe prateada, Lewis disse que é “improvável” dividir garagem com Ricciardo, que deveria seguir na Red Bull.

“Há apenas Ferrari e Mercedes que ele poderia considerar, mas é improvável que ele esteja vindo para cá. Eu não acho que isso vai acontecer. Ele é um dos principais pilotos e, por isso, tenho certeza de que haverá ofertas”, afirmou.

Ricciardo já havia dito que esperaria até a pausa do verão europeu na F1 para decidir se ficaria ou não no time de Milton Keynes. O piloto deseja um carro onde possa competir pelo título, e a negociação de motores para o ano que vem pode influenciar na decisão. A Red Bull, parceira da Renault, considera migrar para a Honda. O prazo para o acordo, entretanto, vai até o fim de junho deste ano, o que indica a solução da situação do australiano nos próximos meses.

“No momento, ele [Ricciardo] é o principal piloto da equipe, então não é um lugar ruim para se estar. Se a Red Bull conseguir um motor [mais próximo da Mercedes e da Ferrari], eles estarão ainda mais próximos de nós. Eles podem ganhar muito mais corridas e ele tem que manter a calma e continuar fazendo o que já está fazendo e ele terá opções”, completou Hamilton.

Quanto ao piloto da Mercedes, seu contrato não havia ainda sido renovado porque a equipe estaria focando no desempenho do carro no início da temporada, em que ambos os campeonatos estavam sendo liderados pela Ferrari. Hamilton afirmou que está certo de sua renovação e que assinar o contrato é só uma questão de tempo. Toto Wolff, chefe da equipe, disse que apenas na pausa na temporada vai resolver o assunto.

Hamilton revelou também que a decisão sobre a contratação é de responsabilidade de Toto e dos chefes da mercedes, mas que costuma ser consultado nos processos de decisão da montadora.

Christian Horner, chefe da equipe Red Bull, ressaltou o talento de seu piloto e espera entregar o necessário em termos de performance do carro.

“Ele está agora na mesma quantidade de vitórias que Lewis e Sebastian, com seis corridas na temporada. No Bahrein ele teria sido um candidato genuíno, e nós sabemos o que aconteceu em Baku”, declarou Horner, recordando o acidente de Daniel com Max Verstappen.

"Ele é o terceiro e nós temos um carro muito forte. Ele tem sido o piloto mais rápido. Ele sabe a qualidade da equipe. Você pode ver o quão bem ele se encaixa no time e eu estou esperançoso de que seremos capazes de resolver as coisas nos próximos meses”, encerrou.