Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Domingo, 24 de junho de 2018

Max ironiza em pergunta sobre batida de Vettel:

Compartilhar:  
Alemão acertou Bottas na largada do GP da França e terminou em quinto. Finlandês da Mercedes foi sétimo. Niki Lauda critica punição de 5s para alemão, que teria sido muito branda.
Sebastian Vettel tinha, no GP da França deste domingo, a difícil missão de segurar o ímpeto de Lewis Hamilton para se manter líder do campeonato. Mas o alemão precisou de uma curva para mandar tudo por água abaixo, inclusive a liderança do Mundial de Pilotos.

Apesar de ter largado bem, o tetracampeão calculou mal a frenagem e acabou acertando Valtteri Bottas, danificando ambos os carros. Sebastian ainda conseguiu voltar para os boxes, trocar a asa e terminar a corrida em quinto. Bottas, com danos no assoalho, foi o sétimo. Questionado sobre o acidente na coletiva pós-corrida, Verstappen ironizou, lançando mão de um discurso que tem ouvido da mídia sempre que se envolve em um acidente.

- Na próxima vez que virem Seb, vocês deveriam falar com ele para mudar o jeito de guiar porque, honestamente, é inaceitável. Foi o que disseram para mim no começo da temporada, então acho que deveriam fazer o mesmo com ele. E depois claro, o Vettel tem que ficar quietinho, voltar a guiar e aprender com isso. Esse é o meu conselho para todos - ironiza o holandês, que depois explicou que o sarcasmo foi para a mídia e não para Vettel.

Niki Lauda, bem chateado, disparou contra a decisão da direção de prova de dar cinco segundos de punição para o piloto da Ferrari. Certo de que a Mercedes poderia fazer a dobradinha, o austríaco acha que os comissários foram muito brandos com quem destruiu a sua própria corrida e a de Bottas.

- Eu creio que poderíamos ter feito (dobradinha). Sem falar que não entendo por que o Vettel erra de maneira grosseira e recebe apenas 5s. É muito pouco. Poderiam ter dado mais tempo. Cinco segundos não é nada. Ele destruiu a corrida dele mesmo e do Bottas.

Protagonista do lance, Vettel admitiu o erro e esclareceu o que aconteceu a partir do seu ponto de vista.

- Minha largada foi boa, mas acabei ficando sem ter para onde ir. Foi erro meu. Tentei frear cedo e me livrar da bagunça, mas fiquei sem lugar para ir e sem aderência, perto do carro em frente e ao lado. Valtteri tentou retomar a posição, o que é o correto, mas fiquei sem ter para onde ir. E com a pouca aderência, acabei sendo jogado para a parte de fora, batendo em Bottas - explica o piloto da Ferrari.

Bottas, que teve a corrida comprometida por causa de danos, deu sua versão dos fatos.

- Nós estávamos lado a lado na zona de frenagem. Eu fui por fora e freei tarde, deixei espaço para ele por dentro, mas acho que ele aproveitou e bateu em mim. Tive um pneu furado e danos no assoalho, o que comprometeu bem a corrida.

A próxima etapa da temporada será já no próximo domingo, com o GP da Áustria, em Spielberg.

Por GloboEsporte.com, Le Castellet, França