Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Quinta-feira, 08 de fevereiro de 2018

Banco Central reduz juros para 6,75% ao ano

Compartilhar:  

© Ueslei Marcelino/Reuters

Na primeira decisão do ano, o Banco Central resolveu cortar a taxa básica de juros de 7% ao ano para 6,75% ao ano. Foi a 11ª vez consecutiva que o Comitê de Política Monetária (Copom) diminuiu a Selic. O processo de queda começou em outubro de 2016.

Naquela época, o país tinha juros básicos de 14,25% ao ano, um patamar que vigorou por mais de um ano para conter a inflação que explodiu porque o país começou a gastar mais dinheiro do que tinha e também porque o governo resolveu repassar um aumento de preços de tarifas públicas represado antes da reeleição da ex-presidente Dilma Rousseff como, por exemplo, o de energia elétrica. Em 2015, a inflação chegou a 10,67%. A meta era de, no máximo, 6,5%.

Atualmente, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) está em 3,02% nos últimos 12 meses. O número já leva em consideração a prévia dos 15 primeiros dias de janeiro. Em 2017, o índice ficou em 2,95%, abaixo do limite mínimo de 3% da meta. O BC argumenta que o motivo de ter descumprido o objetivo foi o forte choque positivo no preço dos alimentos por causa da super safra.

A decisão está em linha com o que esperava a maioria dos analistas do mercado financeiro. Os economistas apostam que, com a decisão, o BC encerre o ciclo de corte dos juros.

 

MSN