Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome

Terça-feira, 19 de junho de 2018

Imunidade baixa: veja 4 dicas de como melhorar

Compartilhar:  

O sistema imunológico protege o corpo contra infecções, pois é responsável por combater bactérias e vírus. Assim, normalmente usamos a expressão “imunidade baixa” quando queremos dizer que o sistema de defesa do organismo está fraco, ou seja, vulnerável a infecções.

Portanto, é fundamental mantermos nosso organismo funcionando perfeitamente. Dessa forma, ele será eficaz na prevenção e combate a doenças. Neste post, listaremos 4 maneiras de como manter a imunidade alta. Então, continue com a leitura! 1. Pratique exercícios físicos regulares

A prática regular de atividades físicas está intimamente ligada com o bom funcionamento do sistema imunológico. Isso deve-se ao fato de que, ao se exercitar com regularidade, o organismo produz mais linfócitos — células de defesa que têm como função proteger o corpo contra doenças, infecções e alergias.

Além disso, há produção de serotonina e endorfinas pelo organismo. São hormônios responsáveis pelas sensações de prazer, felicidade e bem-estar. Dessa forma, é possível prevenir ou combater a depressão, insônia e estresse, além de controlar o apetite. Tudo isso influencia de maneira direta no sistema imunológico. 2. Tenha um sono restaurador

Dormir é uma necessidade fisiológica e não tem como descuidar disso sem sofrer as consequências. Enquanto dormimos, o organismo trabalha internamente de maneira intensa, regulando quase todas as funções fisiológicas, inclusive a imunidade.

Quando não descansamos o suficiente, há uma queda na produção de anticorpos, deixando o corpo vulnerável a infecções e outras doenças. Por esse motivo, é recomendado dormir, ao menos, 8 horas por dia. 3. Mantenha uma alimentação balanceada

É por meio das refeições que ingerimos vitaminas, minerais e os demais nutrientes essenciais à nossa saúde. Assim, há relação entre a deficiência dessas substâncias e a imunidade baixa. Então, conheça os nutrientes mais importantes e em quais alimentos são encontrados:

  • vitamina C: aumenta a produção das células de defesa no corpo. São excelentes fontes o pimentão amarelo, morango, abacaxi, manga, laranja, mamão papaya, brócolis;
  • vitamina A: quando há deficiência dessa vitamina, também há redução na quantidade de linfócitos, deixando o corpo vulnerável. Por isso, consuma cenoura, brócolis, abóbora, beterraba, lentilha, alho, fígado, gema de ovo, melancia, pêssego, caqui, cereja, melão, mamão, manga;
  • vitamina E: atua como antioxidante, previne doenças cardiovasculares e fortalece o sistema imunológico. É encontrada na gema de ovo, chuchu, cenoura, abacate, vegetais folhosos, óleos de milho, soja e girassol;
  • selênio: protege as membranas celulares contra agentes nocivos. Acrescente à sua dieta a castanha-do-pará, cereais integrais, cogumelo, milho, ovo caipira, alho, cebola e frutos do mar;
  • zinco: essencial para o funcionamento adequado do organismo. Encontrado em ostras, camarão, carne bovina, fígado, frango, peixe, tubérculos (batata, inhame), castanhas, grãos integrais, cereais;
  • ômega 3: ajuda na regulação das células de defesa e age como anti-inflamatório. Está presente no salmão e azeite.
  • 4. Suplemente se necessário

    Em determinados casos, não é possível nutrir o corpo com tudo o que é necessário somente por meio da alimentação. Assim, é preciso consumir suplementos alimentares, a fim de que não faltem vitaminas, minerais e aminoácidos essenciais para manter o sistema imunológico funcionando corretamente. No mercado, há multivitamínicos especialmente voltados a esse fim.

    Enfim, a imunidade baixa traz consequências bastante graves à saúde. No entanto, fortalecer e cuidar do sistema de defesa é algo simples. Basta praticar a atividade física de sua preferência, manter uma alimentação adequada — suplementando quando necessário — e descansar bem o corpo. Dessa forma, certamente você terá muito mais saúde e uma melhor qualidade de vida!