Segunda-feira, 22 de abril de 2019

Leite de Rosas: os usos, as funções e as contraindicações do produto

Compartilhar:  
Você já deve ter ouvido falar do Leite de Rosas, aquele produtinho reconhecido pela embalagem pink característica, pelo preço acessível e utilizado por diversas gerações. No mercado desde 1929, seu uso é geralmente aconselhado pelas mães ou até mesmo pelas nossas avós. É usado frequentemente como demaquilante ou até para clarear manchas no rosto. Mas você sabe a real funcionalidade do produto? Veja para que serve, algumas dicas de uso e as contraindicações do Leite de Rosas. Para que serve o Leite de Rosas?

LEITE DE ROSAS OFICIAL

Consultamos a dermatologista Flávia N. Ravelli, CRM 129.724, para informações profissionais sobre o Leite de Rosas e suas principais funções. Confira as funcionalidades citadas:

  • Atua como cicatrizante;
  • É antisséptico;
  • Combate a oleosidade da pele;
  • Pode auxiliar no tratamento de lesões inflamatórias;
  • E segundo a embalagem do Leite de Rosas, o produto também pode ser usado como desodorante corporal.

    Leia também: Sabonete de enxofre: dermatologista esclarece as dúvidas sobre o produto Principais dúvidas sobre o leite de rosas

    ISTOCK

    Como se trata de um produto já conhecido no mercado por muitos anos, há alguns mitos sobre a utilidade do Leite de Rosas. Tiramos as dúvidas frequentes com a dermatologista Flávia Ravelli. Confira: Leite de Rosas é bom para espinhas?

    Segundo a especialista, o Leite de Rosas possui em sua composição “óxido de zinco, que é um cicatrizante, além de clorexidine e o benzalcônio que são potentes antissépticos.” O produto porém, pode “causar um desbalanço no microbioma (a composição de seres vivos que a gente tem na pele)”, o que pode levar ao surgimento de irritações e até mesmo da acne. Portanto, é preciso ter cuidado ao usar o produto na intenção de combater as espinhas e não acabar tendo o efeito contrário.

    CONTINUA APÓS O ANÚNCIO Leite de Rosas envelhece a pele?

    De acordo com Flávia, não há motivos concretos que provam que o produto envelhece a pele, mas o Leite de Rosas “contém algumas substâncias que podem ser irritantes e o álcool resseca a pele. Ela ressecada fica com o aspecto desidratado e mais envelhecido”, comenta a dermatologista. Leite de rosas clareia a pele?

    Segundo a profissional, o produto “tem ação cicatrizante, mas nenhum desses ativos tem ação clareadora.”

    Tenha cuidado ao passar o produto no rosto pois se trata de uma pele mais sensível que o resto do corpo. Apesar de algumas pessoas recomendarem a utilização diária do Leite de Rosas, consulte sempre um profissional para se certificar sobre o seu uso.

  •  
  • Não recomenda-se o uso diário no rosto, pois o produto possui solução uma solução alcoólica desengordurante, que pode “levar a um grau de desidratação da pele”;
  • O produto, segundo a dermatologista, possui “substâncias antissépticas como a clorexidina, que acaba eliminando as bactérias boas e isso causa uma desregulação no sistema imunológico da nossa pele”. Esse desequilíbrio pode atuar no surgimento de irritações e alergias no rosto.
  • Algumas substâncias da composição do produto podem causar irritações na pele e o álcool contribui para o ressecamento da derme. Além disso, a especialista confirma que o Leite de Rosas não possui ativos que clareiam o rosto.
  • De acordo com as informações da embalagem do produto, o Leite de Rosas possui álcool em sua composição, e por isso, algumas dermatologistas não recomendam seu uso no rosto. Veja algumas contraindicações citadas pela especialista Flávia Ravelli:

    Sempre que usar um cosmético, consulte uma dermatologista para ter certeza de que aquele produto será benéfico para o seu tipo de pele.

    Apesar de o Leite de Rosas ser conhecido e muito utilizado há décadas, é necessário ter certos cuidados para não acabar prejudicando a pele do seu rosto. O produto, entretanto, é superacessível e é um ótimo desodorante corporal.