Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome



Quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019

No duelo de estreantes com Vinicius Jr., Malcom salva o Barcelona e garante empate com Real Madrid

Compartilhar:  

Se todos estavam na expectativa pelo primeiro clássico de Vinicius Jr., outro estreante brasileiro roubou a cena no El Clasico do Camp Nou. Malcom foi às redes, ‘salvou’ o Barcelona e garantiu ao menos o empate por 1 a 1 diante do Real Madrid na abertura da semifinal da Copa do Rei. Lucas Vásques havia aberto o placar para os merengues.

Mesmo assim, o resultado foi melhor para o Real. Com o gol marcado fora de casa, a equipe agora joga por um empate por 0 a 0 na partida de volta para ir à final. Um novo 1 a 1 leva a definição para a prorrogação. Igualdades de 2 a 2 ou mais classificam o Barcelona.

O próximo duelo está agendado para o dia 27 de fevereiro, de novo uma quarta-feira, no Santiago Bernabéu. O jogo de volta também terá transmissão AO VIVO e EXCLUSIVA da ESPN Brasil e do WatchESPN.

Novo ídolo merengue, Vinicius Jr começou como titular e cheio de expectativas em seu primeiro clássico. E ele começou com tudo. Logo aos 6 minutos, começou a jogada do gol.

 

Foi ele quem inverteu o jogo e achou Benzema sozinho pelo lado direito do campo. O francês dominou e cruzou rasteiro para Lucas Vásquez apenas ter o trabalho de se antecipar à marcação e empurrar para as redes.

Vinicius continuou roubando a cena, mas se mostrou um tanto precipitado em algumas jogadas.

Aos 12, por exemplo, roubou a bola no ataque e teve ótima oportunidade de deixar Kroos na cara do gol, mas resolveu chutar e parou na marcação de Piqué. O alemão, que estava completamente livre, reclamou bastante do lance – e o brasileiro se explicou dizendo que não o havia visto.

Durante todo o primeiro tempo, Vinicius foi o responsável por todas as jogadas de ataque do Real, sempre puxando contra-ataques. Mas sempre errou na hora final do lance, deixou de caprichar no último passe ou na hora do chute. E acabou desperdiçando todas as chances que conseguiu criar. O primeiro clássico de Malcom

Do outro lado, Malcom também incomodou bastante.

Aos 19 minutos, ficaria cara a cara com Navas depois de passe perfeito de Suárez, mas acabou parando em um erro do bandeirinha, que assinalou um impedimento inexistente. Malcom até agradeceu porque perdeu o gol.

Ele também foi o responsável por todas as jogadas de perigo do Barça – inclusive em uma cobrança de falta que acabou em desvio de Rakitic e bateu na trave.

E na etapa final foi ele quem salvou o Barcelona. Alba recebeu lançamento e dividiu com Navas pela esquerda. A bola sobrou limpa para Suárez, mas ele acabou acertando a trave, mesmo com o gol vazio. Por sorte, a bola ainda ficou com Malcom do outro lado. O brasileiro mostrou calma de veterano para olhar quem estava a sua frente e finalizar com perfeição.