Domingo, 10 de fevereiro de 2019

O Athletico venceu o Cianorte por 1 a 0 na tarde deste domingo, na Arena da Baixada, mas não evitou a eliminação precoce na Taça Sicupira.

Compartilhar:  
Athletico Cianorte Bruno Leite (Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo)
  • COMO FICA?

    O Athletico - apesar da vitória - terminou a Taça Sicupira na quinta posição, com oito pontos. O Furacão fica três pontos à frente da zona de rebaixamento. Já o Cianorte terminou na quarta posição do Grupo B, com sete pontos, logo acima dos rebaixáveis. Com isso, eles estão eliminados do primeiro turno do Paranaense.

  • DESTAQUEPRÓXIMOS JOGOS

    Eliminados, os times terão um mês para fazer as correções necessárias. O Furacão recebe o Toledo no dia 9 de março, um sábado, às 16h, na Arena da Baixada. E o Cianorte encara o Coritiba no dia 10 de março, domingo, às 16h, no Albino Turbay. O segundo turno vai se chamar Taça Dirceu Krüger.

  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPO

    Athletico e Cianorte protagonizaram uma etapa inicial de pouquíssimas emoções. Cheio de problemas, Rafael Guanaes armou o time em um estranho 3-4-3, com Nicolas na zaga e Renzo na esquerda. O Furacão sofreu pela falta de entrosamento e não levou perigo. Só Bergson, em um chute de muito longe, e Bambu, de cabeça, arriscaram a finalização, mas erraram o alvo. O Cianorte praticamente não passou do meio-campo.

  • DESTAQUESEGUNDO TEMPO

    O Cianorte esboçou uma pressão no segundo tempo e ficou no quase, mas Jovany cabeceou por cima da pequena área. O Athletico acordou no jogo e passou a criar as melhores chances. A superioridade deu resultado quando Bruno Leite acertou o cantinho e marcou seu primeiro gol como profissional. O Athletico perdeu outras chances, o Cianorte não mostrou poder de reação, e o jogo ficou mesmo 1 a 0.

  • Globoesportes.com