Terça-feira, 11 de junho de 2019

Cyborg critica postura de Dana White e promete grande anúncio após próxima luta

Compartilhar:  

As recentes declarações de Dana White sobre os bastidores de uma possível revanche entre Amanda Nunes e Cris Cyborg já dão o que falar. Se no último sábado (8), logo após o card do UFC 238, o presidente do show afirmou que a Leoa deseja enfrentar a compatriota mais uma vez e que a disputa depende apenas do aval da curitibana, a representante da Chute Boxe tem uma versão diferente.

Com duelo marcado contra Felicia Spencer em julho, no co-main event do UFC 240, Cyborg usou suas redes sociais para deixar claro que pediu pela revanche logo após a derrota para Amanda, em dezembro de 2018. E durante conversa com a reportagem da Ag. Fight, a atleta foi além de criticar a postura de Dana White, que chegou a afirmar que não sabia se a ex-campeã teria interesse no duelo.

"O mesmo cara que falou que não quero lutar com Amanda é o mesmo cara que falou que eu pareço um Wanderlei (Silva) de vestido, e é o mesmo cara que fez brincadeiras com seu amigo (Joe) Rogan sobre eu ter pênis. Todos viram que o pedido de revanche eu fiz após a luta, na coletiva de imprensa", ressaltou, incomodada com a declaração do cartola.

Vale lembrar, inclusive, que Cyborg tem duelo marcado contra a canadense Felicia Spencer, que fez apenas uma luta no octógono do UFC, justamente pela falta de opções de rivais. Afinal, uma vez que Amanda retornou para a divisão dos galos (61 kg) a fim de defender seu título contra Holly Holm, em julho, a categoria dos penas (66 kg) contou com apenas uma luta na temporada 2019 até o momento.

"Não vejo que ele (Dana White) está promovendo a revanche falando que estou com medo, mas, sim, tentando denegrir minha imagem - o que não é novidade para ninguém! Meu foco agora é minha próxima luta, contra a Felicia Spencer. Estou feliz em voltar para o octógono e, após a minha luta, vou ter um grande anúncio", prometeu.

 

MSN