Quarta-feira, 26 de junho de 2019

Grêmio nega ofertas por Everton Cebolinha e faz de tudo para mantê-lo ao menos até o final do ano

Compartilhar:  

Nos últimos dias, o nome de Everton Cebolinha, atacante do Grêmio e da seleção brasileira, é um dos mais comentados nos jornais esportivos europeus.

Na Espanha, os veículos ficaram encantados com o futebol que o atleta vem mostrando na Copa América. Já na Inglaterra, ele já foi até apelidado em inglês: "Little Onion".

 

 

O ponta de 24 anos chegou inclusive a ser apontado pela imprensa internacional como "o jogador que fez o Brasil esquecer Neymar".

Com todo esse assédio em cima do atacante, é de se esperar que a mesa do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, esteja cheia de ofertas por Cebolinha, certo?

Segundo o próprio mandatário, não...

"Não recebi nenhuma proposta pelo Everton. Nada", garantiu Romildo, em entrevista à ESPN na última terça-feira, após participar de evento da Primeira Liga em Belo Horizonte.

Além disso, o dirigente afastou especulações de que o ponta sequer voltará ao Grêmio após a Copa América e negou que a tendência seja a negociação já na abertura da janela.

"Vou fazer de tudo para segurá-lo ao menos até o final do ano", assegurou.

Cebolinha tem contrato com o Imortal até 2022, tendo renovado seu vínculo em 29 de agosto de 2018.

Sua multa rescisória para negociação com o exterior é de 80 milhões de euros (R$ 348,58 milhões, na cotação atual).

Recentemente, o Milan tentou contratar Everton, mas ofereceu "apenas" 40 milhões de euros (R$ 174,29 milhões), segundo o jornal Gazzetta dello Sport, e fracassou.

De acordo com a imprensa inglesa, o gremista deve ser disputado de maneira ferrenha pelos rivais Manchester United e Manchester City na próxima janela.

Pelo Tricolor, Cebolinha tem 10 gols em 24 jogos nesta temporada. Na Copa América, são dois tentos até agora nas três partidas disputadas pelo Brasil.