Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.


Clique aqui e baixe o Mozila Firefox, é gratis.

Mozila Firefox Google Chrome

Mozila Firefox Google Chrome



Segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Ninho do Urubu: Morto em tragédia no CT do Flamengo, Gedinho é enterrado

Compartilhar:  

O adolescente Gedson Beltrão dos Santos Corgosinho, 14 anos, foi enterrado na manhã desta segunda-feira (11/02) no Cemitério Municipal de Itararé (SP), após falecer no Ninho do Urubu, CT do Flamengo. 

O garoto, um dos mais jovens a morrer no trágico incêndio , na manhã desta sexta-feira (8), era atacante e estava no Athletico Paranaense, antes de chegar ao Rio de Janeiro. 

O corpo do garoto foi levado de avião do Rio de Janeiro até Curitiba no domingo. De lá, seguiu parar Itararé, terra natal de sua família. O jogador foi velado no ginásio municipal da cidade. Sua mãe do jogador passou mal e precisou ser amparada.

Há cerca de uma semana, Gedinho fora aprovado em testes feitos no clube rubro-negro. Pouco tempo depois, ele se mudou para o Ninho, onde viria a morrer. 

Antes de jogar pelo Furacão, Gedinho havia jogado pelo Trieste, de Curitiba, e pela Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) da cidade de Itararé, no interior de São Paulo. 

Em entrevista ao portal G1, Murilo Pontes, coordenador da AABB, destacou as qualidades do garoto. 

"Ele começou com a gente e sempre foi um garoto de destaque. Muito dedicado e bem competitivo. Daqui, já foi pra Curitiba e ia se destacando. Era um garoto promissor e todos nós ficamos muito triste", afirma ele.