Segunda-feira, 15 de abril de 2019

Homem é picado por escorpião dentro da Santa Casa de Ribeirão Preto, SP

Compartilhar:  

Foto: Reprodução/EPTV

Animal caiu do teto em cima dele, que esperava por atendimento para a filha de 6 anos. Homem foi atendido pelo hospital e recebeu alta no início da noite.

Um homem de 36 anos foi picado por um escorpião dentro da Santa Casa de Ribeirão Preto (SP) na tarde deste domingo (14).

A vítima, que tinha ido ao hospital em busca de atendimento para a filha de 6 anos, foi surpreendida depois que o aracnídeo caiu do teto da sala de espera do pronto-atendimento dentro de sua camisa.

A Santa Casa informou ter atendido de imediato o paciente, que foi liberado no início da noite depois de permanecer em observação médica. O hospital garantiu fazer dedetizações e manutenções periódicas no local.

"Logo após o incidente uma equipe de manutenção esteve no local para verificar a área", comunicou.

Em março deste ano, um jovem de 18 anos também foi picado por um escorpião, mas dentro do pronto-socorro central, onde acompanhava a consulta da namorada. Em 2018, Ribeirão Preto teve alta de 450% nos ataques de escorpiões, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

  Começou a gritar de dor

 

A mulher da vítima, que prefere não ser identificada, relata que estava com o marido no local para que a filha de 6 anos com crise alérgica fosse atendida pelo plano de saúde.

Logo depois de fazer a ficha, ela conta que a família se sentou na espera do pronto-atendimento, mas logo foi surpreendida. Segundo a mulher, o escorpião caiu de uma lâmpada direto na camiseta do marido.

  "Ele começou a gritar de dor. Achei que era um besouro, uma borboleta, qualquer coisa, a hora que eu puxei a camisa era um escorpião", conta a mulher da vítima, que prefere não ser identificada.

 

Ela confirma ter matado o escorpião grudado na roupa dele e colocou o bicho dentro de um recipiente de álcool em geral que conseguiu na recepção.

Depois do ocorrido, ela se diz indignada. "O espanto maior é esse: a gente está dentro de um hospital e ser picado por um escorpião, onde a gente vem pra buscar atendimento", reclama.

 

Fonte: G1