Sexta-feira, 15 de março de 2019

Isca para Pintado ??" Dicas de Pesca

Compartilhar:  

Sobre Isca para pintado é importante entender algumas coisas. É um dos itens mais importantes para a captura da espécie, esta que é muito conhecida por sua briga dentro d’água, sendo este um dos principais motivos de tantos quererem se aventurar por seu habitat.

Para a sua tomada, são indicados o uso de equipamentos reforçados para que o peso do peixe não interfira na ação, tornando-a ainda mais emocionante.

A arte de pescar pintado possuiu sempre um fundo exótico sem a intenção da captura do mesmo para alimento. O pintado é conceituado entre pescadores influentes como sendo um troféu para aqueles que conseguem tirá-lo da água devido a suas características.

Por isso o pintado veio a se tornar uma atividade de hobby e esportiva por anos, cuja tem como intuito satisfazer o prazer pessoal daqueles que gostam de um desafio.

Esta também funciona muito bem como uma forma utilizada por várias pessoas para extravasar seu stress adquirido durante a correria do dia-a-dia, tendo pontos que auxiliam em suas atividades comuns, como a concentração, a paciência, a determinação e a persistência, melhorando seu desempenho também em outras áreas da vida.

A isca para pintado pode ser natural ou artificial, a qual fica a critério do pescador, sendo as naturais compostas por pedaços de outros peixes, como Muçum, tuviras, lambaris, piaus, curimbatás ou minhocuçu.

Há quem também diga que pedaços de salsichas e a famosa massa funcionam muito bem com o peixe.

Já entre as iscas artificiais se encontram entre as mais usadas os plugs de meia água e de fundo, perfeitas para a espécie que costuma frequentar tanto as partes mais fundas quanto a meia água de riachos, lagos, lagoas, canais e praias.

Entre suas características, o pintado é reconhecido com facilidade por seu corpo de couro, com formato alongado e roliço, de cabeça grande e achatada. Sua coloração é cinza escuro no dorso, clareando em direção ao ventre, portando manchas ao longo do degradê.